Menu

sexta-feira, 20 de julho de 2012

Pets...

Eu sou apaixonada por meus pets, os meus filhotinhos, e é muito difícil para mim ter tido que me afastar um pouco deles durante a gravidez (claro que por uma boa causa), mas para mim eles são como parte da minha família. E apesar de ter que tomar todos os cuidados, para não prejudicar minha filhinha, amo eles demais...
Por isso trouxe aqui um texto do BabyCenter falando sobre o convívio entre grávidas e animais...


Grávidas precisam tomar algum cuidado especial com animais de estimação?
Escrito para o BabyCenter Brasil
Sim, é importante ter uma certa cautela com os animais de estimação durante a gravidez, já que alguns deles podem transmitir doenças que às vezes acabam afetando o feto em desenvolvimento. 
A toxoplasmose, por exemplo, é uma infecção causada por um parasita que vive em fezes de gatos e outros animais e pode causar problemas de visão ou em outros órgãos do bebê. Por isso, para evitar sustos, o ideal é que outra pessoa da casa limpe a caixinha de areia do seu gato enquanto você estiver grávida. 
Procure também não mexer em gatos de outras pessoas. 
Salmonela e E. coli são outras doenças que gestantes podem pegar pelo contato com animais domésticos como cães, gatos, tartarugas e aves. A salmonela é um tipo de bactéria que provoca infecções alimentares, muitas vezes seríssimas. É raro que faça mal diretamente ao bebê, mas seus sintomas -- febre alta, vômitos, diarreia e desidratação -- podem acabar levando a um parto prematuro ou até um aborto espontâneo. 
Antes que você saia correndo para doar seu amado bichinho, vale lembrar, contudo, que animais vacinados e bem tratados raramente representam risco à família. Fique de olho também na higiene de um modo geral. 
"Cachorros podem pisar em cocô de gato na rua e levar para casa, o que acaba virando um foco de infecção", alerta a obstetra Daniela Maeyama, do Hospital e Maternidade São Luiz, em São Paulo. Podem também cheirar as fezes de gatos na rua e levar no focinho, para casa, os micro-organismos que causam doenças. 
Assim sendo, procure manter sua casa sempre bem limpa e arejada. 
Quem tem cachorros pulões (e grandes), ou que "puxam" nos passeios, deve se precaver ainda de um impacto maior na barriga ou até de ser derrubada, já que gestantes naturalmente ficam com falta de equilíbrio. 


Eu e Félix

Félix, meu lindo...

Nalinha.
Meet, meu pequenino.

Luly, cachorrinha do Sidney



quarta-feira, 18 de julho de 2012

Um pouco de mim!

Sempre mostro aqui o progresso da minha gravidez, mas até agora não tinha contado um pouco da minha história.
Bem, eu desde pequena adorei meus estudos, e comecei a namorar já bem nova, tinha apenas 12 anos, e agora já com quase 5 anos de namoro, e no fim do Ensino Médio, acabei descobrindo que estava grávida. Minha mãe sempre foi muito aberta comigo, me dá conselhos, conversa sobre tudo, e apesar de ela saber que eu já havia tido relações com meu namorado, toda vida me falava para eu me cuidar e não engravidar. Quando minha menstruação atrasou, quem notou foi ela, eu nem havia percebido, só depois de 2 meses que fui ver que realmente estava muito atrasada (demorou mais pq minha menstruação sempre foi desregular). Foi aí que fizemos o exame, e o meu mundo parecia desmoronar, vi minha vida enterrada a 7 metros do chão, vi o que estava construindo com meus estudos desabarem e serem destruídos, eu já tava praticamente entrando na faculdade e vi meu sonho ser deixado para trás. E mesmo fazendo o exame de sangue, ainda não havia caído a ficha, isso só foi acontecer mesmo na minha primeira ultrassonografia, fiquei muito tempo deprimida, meu namorado que ficou feliz, pois ele sempre quis um filho, mas mesmo assim ele me ajudou muito e entendeu minha dor. Mas a pior parte foi ver minha mãe se sentido traída por mim, sentindo-se culpada pelo que aconteceu comigo, quando na verdade o único erro foi o meu. Meu pai ficou bem tranquilo, que para mim foi um alívio, já bastava minha mãe, que sou tão apegada a ela, estar magoada comigo.
E não bastava isso, ainda tinha que enfrentar toda minha família, que sempre me viu de uma forma tão madura, e mesmo assim adoravam se meter na minha vida, imagina agora com tudo isso, eles ficaram julgando como se eu fosse a pior pessoa do mundo, pois fui a primeira a engravidar tão cedo, tenho apenas duas primas, de uma família bem grande, que têm filhos, mas elas já tiveram com bem mais de 20 anos, e por incrível que pareça, foram as que menos me julgaram.
Então com o tempo fui começando a me apaixonar com a ideia de ser mãe e minha mãe também começou a ficar feliz com a história também apesar das dificuldades. E pedi a minha mãe para ficar em casa pelo menos até a Anna Beatriz completar uns 2 meses e depois iria morar com meu namorado.  Porém não foi aí que meus problemas se acabaram. Depois de ter me mudado de onde eu morava, eu e meu namorado Sidney começamos a nos afastar, notava que ele estava um pouco distante de mim, e mesmo me sentindo mal com isso eu fingia que não ligava. E depois de alguns problemas, a mãe dele veio falar com minha várias coisas dele, que ele não ia assumir a filha, que ele não tinha responsabilidades, e quando minha mãe me falou vi que realmente ele parecia fugir de tudo isso, foi então que me senti iludida, pois a pessoa que estava comigo a cinco anos, que dizia que sonhava em ter um filho comigo, agora havia me deixado de lado no momento em que eu mais precisava. No mesmo dia liguei para ele e terminei tudo sem dar nenhuma explicação (isso pode ser meio horrível, terminar por telefone, mas parei de esperar para terminar pessoalmente desde o tempo em que ele viajou para Recife e quis terminar com ele, porém não ia esperar um mês para falar com ele, fingindo estar tudo bem por telefone), ele me ligou várias vezes e não atendi, mandava mensagens dizendo que eu não podia tirar a nossa filha dele, enfim, várias coisas. E no dia seguinte pela manhã, ele apareceu de surpresa na minha casa, perguntando o motivo de tudo isso, foi aí que falei tudo, e disse que não queria mais ficar com ele, que iria viver com meus pais, mas que não pretendia tirar nossa filha dele (não seria capaz disso, a não ser por um motivo extremo, claro!). Foi aí que ele me pediu de várias formas para ficar com ele, que me amava, que iria melhorar, e que a mãe dele falou tudo aquilo pq estava com raiva dele, mas ele ia sim assumir nossa filha. E depois de muito tempo conversarmos, resolvi dar uma chance a ele, contanto que ele conversasse com a minha mãe e explicasse tudo. Foi exatamente o que ele fez. Então ficamos numa boa novamente ele ficou mais presente na minha vida.
Contudo, quem está ou já esteve grávida, sabe que o humor ficou meio louco, uma hora está tudo numa boa e depois você vira uma mulher terrível, e por causa disso terminei com ele várias vezes depois disso (ele até hoje diz que sou bipolar), mas então hoje resolvi me controlar, pois sei que ele está aguentando muita coisa de mim, e se fosse outro já teria me deixado.
Enfim, hoje minha família me trata bem melhor, meus pais estão sendo os vovôs corujas, meu MARIDO também, já compramos tudo dela, e vou fazer o parto agora dia 23 de Julho, como já havia falado.
Então, compreendi que a minha gravidez pode até dificultar um pouco a realizações dos meus sonhos, mas isso só irá me abater, se eu deixar, eu irei lutar até o fim para criar a minha filha tão bem quanto meus pais criaram a mim e a meus irmão. E devo tudo isso a eles, e não vejo a hora de ver o rostinho da minha filhinha Anna Beatriz.
Pois mesmo sem a conhecer eu a amo demais, daria a minha vida por ela, e está incontrolável minha felicidade de saber que já estarei com ela em poucos dias, já estou com vontade de chorar. Mas enfim toda essa felicidade é por te amar de mais minha princesa e farei de tudo para te dar todo amor e carinho.

Sidney & Isabele

terça-feira, 17 de julho de 2012

O dia está próximo

Hoje enfim, meu médico marcou a minha cesária para o dia 23/julho, agora na segunda, estou muito feliz, apesar de eu ter decidido desde o começo que iria ter normal, mas minha Anna Beatriz já tá muito grande rsrsrsrs.
Porém, a felicidade toma conta de mim a cada instante, pois vou ter minha princesa nos meu braços, sentindo sua pele, amamentando, enfim fazendo tudo que toda mamiiz tem direito. Mesmo sentindo falta dos movimentos dela na minha barriga, que acho incrível, estarei muito feliz em estar com ela...
E tudo que eu passei, as lágrimas, os risos, as raivas vão ficar para trás e vou poder provar a certas pessoas que não sou bipolar, e esses sentimentos inconstantes são normais na gravidez....
E aproveito aqui para agradecer a Deus, pois foi ele que me deu força para seguir de cabeça erguida, de enfrentar o preconceito de ter se tornado mãe aos 17 anos, de ter magoado minha família, e mesmo assim depois provar a elas que tudo que estou passando é o meu momento mais feliz. E agradecer aos meus pais, que me apoiaram desde o começo e nem se eu desse todo dinheiro do mundo a eles não pagaria tudo que eles fizeram por mim. 
Eu e minha mamiiz, muito linda ela, amo demais...

Eu e papiiz no clube, amo demais.
Já tava de barrigão!

sexta-feira, 13 de julho de 2012

38ª Semana

Nessa semana, os bebês pesam em média entre 3 e 3,2 quilos, e continuam acumulando gordura para ajudar a controlar a temperatura depois do nascimento.
Os órgãos e sistemas do seu bebê estão plenamente desenvolvidos, mas os pulmões são os últimos a amadurecer por completo. (Mesmo depois do nascimento, pode ser que demore algumas horas para que o bebê adquira um ritmo normal de respiração.) 
Morrendo de curiosidade com a cor dos olhos do seu filho? A maioria dos bebês nasce com olhos azul escuro, mas a verdadeira cor só se define mesmo vários meses depois. A cor que você verá logo depois do parto vai durar pouco -- a exposição à luz muda imediatamente a cor dos olhos do bebê. No caso de bebês negros ou de origem asiática, os olhos são cinzentos ou castanhos no começo, e assumem o tom preto ou castanho escuro depois dos primeiros seis meses de vida, ou até depois do primeiro aniversário. 

terça-feira, 10 de julho de 2012

37ª Semana

Como seu bebê está crescendo 
Teoricamente o bebê está pronto. Se nascer a partir de agora, não será mais considerado prematuro, e sim um bebê "a termo". Mas, quanto mais tempo ele ficar na barriga para ganhar peso, melhor. 

Esta semana o bebê está perdendo o lanugo, uma penugem que o cobria até agora. Também perde o verniz caseoso (também chamado de vérnix), que é uma camada gelatinosa que cobria a pele dele para protegê-la. Parte dessa película ainda pode estar lá quando ele nascer. Tanto o lanugo como o verniz são engolidos pelo bebê, e vão formar seu primeiro cocô, uma mistura quase preta chamada mecônio. Veja aqui qual é a cara do primeiro cocô do bebê. Alguns bebês nascem bem cabeludos, e outros completamente carecas. Saiba no entanto que tanto a cor quanto a textura do cabelo (liso, crespo, grosso, fino) podem mudar depois dos primeiros meses. Nesta etapa talvez você sinta com mais frequência as contrações de treinamento. Às vezes elas vêm seguidas e dão até a impressão de que é o trabalho de parto. Para ser trabalho de parto mesmo, elas têm de ser cada vez mais fortes. 
É possível que você tenha mais secreção vaginal. Isso é normal. Um fiapinho de sangue na calcinha também não é motivo de preocupação. Mas procure o médico se tiver sangramento de verdade. Nesta etapa talvez você sinta com mais frequência as contrações de treinamento. Às vezes elas vêm seguidas e dão até a impressão de que é o trabalho de parto. Para ser trabalho de parto mesmo, elas têm de ser cada vez mais fortes. É possível que você tenha mais secreção vaginal. Isso é normal. Um fiapinho de sangue na calcinha também não é motivo de preocupação. Mas procure o médico se tiver sangramento de verdade.


Como fica sua vida 
É provável que esta semana você tenha dificuldades para dormir. Há pesquisas mostrando que o terceiro trimestre é o pior para o sono da grávida. Dormir quase sentada, com a ajuda de travesseiros, ajuda a aliviar a azia. Leia mais sobre como se alimentar bem neste finzinho de gravidez. 

Prevenindo a pré-eclâmpsia 
Uma grande preocupação dos médicos nesta fase da gravidez é a pré-eclâmpsia. Por isso eles sempre vão tirar sua pressão nas consultas, que agora são mais frequentes. Os três sintomas preocupantes são: pressão alta, mãos e rosto inchados e presença de proteína na urina. Dor de cabeça forte e alterações na visão também são sinais de alerta. 

sexta-feira, 6 de julho de 2012

Nome da minha princesa

Agora que decidimos de uma vez o nome pude fazer enfeites no nome da minha pequena... Adorei todas.



segunda-feira, 2 de julho de 2012

Julho...

Depois de tanta espera meu último mês de gestação, enfim, chegou, depois de tudo que passei sinto que minha plena felicidade em estar com minha filha ao meus braços está próxima. Depois da ansiedade sem fim, depois de todas as crises de choros, problemas que passei, saudades que senti, vejo que estou ficando mais forte, vejo que estou me tornando a cada dia mais mãe. E todo esse amor incondicional irá se transformar em beijos e abraços à minha pequena Beatriz, que nunca lhe vi pessoalmente, mas já me faz a pessoa mais feliz do mundo. Amo-te muito minha pequena, você irá fazer meus maiores sonhos se realizarem...
DPP: 27 de julho

Compras...

Este domingo eu, meu amor, meus pais e minhas tias, fomos atrás de comprar tudo que faltava para a Beatriz, estava muito ansiosa para ter logo carrinho. Compramos tudo na Magazine Luiza e no BabyCenter, o que a gente comprou saiu um pouco mais caro do que o esperado, pois no BabyCenter compramos poucas coisas e pequenas e custou R$ 70, já na Magazine meu amor comprou o carrinho de R$ 500 e meu paizinho comprou o bebê conforto de R$ 210. Mas me apaixonei por todos...

Preferi cores neutras, pois já tinha muita coisa rosa, e também quando minha princesa não utilizar mais vai ser mais fácil vender.

Shiny Red Spinning Heart